PRADA | DONNA | SS 2021 – MFW

Hoje foi dia da Prada mostrar ao mundo que Prada, é Prada e o que duas mentes geniais são capazes de fazer juntas. O desfile da coleção feminina Prada Primavera/Verão 2021 é, por natureza, um diálogo – a coleção de estreia dos co-diretores Miuccia Prada e Raf Simons, uma conversa criativa em andamento. Uma proposta inicial, o primeiro exemplo de uma gama de possibilidades.

Linhas claras, enunciados gráficos e a exploração da noção de uniforme e as formas como pode ser interpretado. As roupas são despojadas, refinadas, focadas, sem decoração supérflua: tops em concha, calças retas, sobretudos em re-nylon industrial, confeccionados com técnicas de alta-costura, ternos executados em lã. As obras de arte foram criadas por Peter de Potter, um colaborador de longa data de Raf Simons. 

Acho que esta temporada está realmente focada em estabelecer os códigos Prada de uma forma mais firme ( Presente em quase todas as peças da coleção). Os looks na passarela também parecem ser quase feitos a mão, fazendo a transição de Prada para um “discurso mais baseado na marca”. Porém, minha ideia talvez seja discutível se você considerar a profunda reflexão de Raf Simons sobre a criação de “uniformes”. Ou pelo menos foi o que ele disse durante a transmissão ao vivo pós-conversa. Talvez seja uma coisa sazonal? Talvez seja uma ideia conceitual?
Vamos esperar para ver o que vem por ai.

PRADA | FOTOS (NOW FASHION).

Deixe uma resposta